BLOG MEU IDEAL

Tudo o que você precisa saber sobre Marketing de Relacionamento e todos os seus segredos.

Reserva de emergência: descubra investimentos de baixo risco e alta lucratividade

Reserva de emergência

Reserva de emergência, você sabe como montar uma e qual é a importância de ter esse montante reservado? Descubra neste conteúdo todos os benefícios que ela pode trazer à sua vida financeira!

Imprevistos acontecem, não é mesmo? E nem sempre estamos preparados para emergências. 

Seja com um problema de saúde, uma perda material ou desemprego, ninguém sabe quando essas situações podem vir a acontecer. 

Mas, o que é certo é que em todos os tipos de emergência dinheiro é gasto, e muitas vezes uma quantia relativamente grande. 

Por isso, é importante se prevenir e estar preparado para caso algum imprevisto aconteça!

É aí que a reserva financeira entra em ação. Além de ela ser uma boa maneira de construir um patrimônio financeiro, também é a solução para momentos em que dinheiro extra é necessário.

Para te ajudar a entender como a reserva de emergência tesouro selic funciona, neste artigo vamos te ensinar de forma simples tudo o que você precisa saber sobre ela e como juntar dinheiro para investir. 

Está preparado para aprender como ter dinheiro extra e se prevenir? Então vamos lá!

O que é e para que serve a reserva de emergência

Bem, trata-se de um montante de dinheiro que se torna necessário em uma situação inesperada e urgente.

Como, por exemplo, um acidente de automóvel, uma demissão, um problema grave de saúde, ou até mesmo uma mudança de casa inesperada.

Então, esse recurso poupado se torna a garantia de segurança e tranquilidade para que os envolvidos na situação consigam quitar os débitos sem terem que diminuir o padrão de vida.

Ou seja, a reserva de emergência tesouro selic pode te salvar de altas taxas de juros das instituições financeiras. Isso porque, recorrer ao uso do cartão de crédito, cheque especial ou empréstimos consignados costuma deixar os brasileiros com longas dívidas.

Mas, para conseguir montar esse fundo emergencial, é preciso saber como ter dinheiro extra e como juntar dinheiro para investir nele. Um bom começo é organizar suas finanças e verificar onde você pode cortar gastos.

Por quê montar uma reserva de emergência

É muito comum que as pessoas vejam o cartão de crédito como um tipo de reserva financeira. Porém, isso é completamente errado, porque ele é uma forma de pagamento e não uma renda ou dinheiro certo.

Por exemplo, suponhamos que todo mês você gaste sua renda inteira e não sobre dinheiro algum. Então, acontece uma emergência e você precisa de dinheiro extra, mas como não tem poupança, a solução é recorrer ao cartão.

Mas, como você vai pagar o valor total da fatura sendo que sua renda está toda comprometida? 

Como ter dinheiro extra ajudaria nesse momento, não é? Por isso é importante saber como juntar dinheiro para investir nesse fundo emergencial e conquistar a tão sonhada liberdade financeira.

Mas, o jeito é pagar o valor mínimo da fatura do cartão ou solicitar crédito para quitar o total. 

Entretanto, isso vem com taxas de juros altíssimas, e essa dívida pode acabar se arrastando por muito tempo. 

Por isso é importante ter um fundo para emergências. Ela evita que você precise usar o cartão de crédito ou cheque especial em situações inesperadas. 

Além disso, como explicamos anteriormente, a reserva de emergência garante tranquilidade e a estabilidade para você e sua família em qualquer situação onde dinheiro extra seja necessário

Eu preciso ou quero?

As pessoas acabam confundindo emergências com desejos e caprichos. Com isso, acabam comprometendo suas reservas. 

Por isso, é fundamental que você saiba diferenciar a necessidade e o desejo no momento de usar sua reserva de emergência tesouro selic.

Por exemplo: você não precisa trocar o seu carro de dois anos atrás pelo novo modelo lançado pela montadora. Você realmente precisa usar a sua reserva se seu carro for roubado ou em outra situação do tipo.

Vale ressaltar que emergências são consideradas situações que envolvem doenças, viagens de última hora, desemprego e acidentes de trânsito, por exemplo.

Como montar e quanto esse fundo emergencial deve ter

CTA - PLANILHA - ORÇAMENTO.jpg

O valor total depende muito da renda líquida de cada pessoa. 

Porém, podemos dizer que a conta básica que você deve fazer é somar todas as suas despesas mensais e ter uma quantia que possa cobri-las por seis meses no mínimo.

Então, vamos supor que suas despesas estejam na média de R$ 4 mil por mês. Isso implica que sua reserva de emergência deve ter R$ 24 mil.

Esse valor pode assustar um pouco, não é mesmo? Por isso, é muito importante que você saiba como juntar dinheiro para investir e como ter dinheiro extra.

Faça seu dinheiro trabalhar para você: 5 opções de investimentos

Agora você já entendeu a importância de ter um fundo para emergências e como montar a sua, certo? O próximo passo é aprender como juntar dinheiro para investir e fazer seu dinheiro render.

Primeiramente, quando pensamos em reserva de emergência tesouro selic, é normal que lembremos da poupança. 

Mas, hoje existem outras alternativas que podem fazer seu dinheiro render ainda mais e são tão seguros quanto a poupança. Confira agora as melhores aplicações:

Tesouro Selic

Trata-se de um título público de renda fixa concedido pelo governo. De forma simples, podemos dizer você empresta dinheiro para o financiamento de algumas áreas como, saúde, educação e infraestrutura.

Como retorno você recebe uma taxa de rentabilidade, que é a própria taxa Selic anualizada.

Por fim, montar uma reserva de emergência tesouro selic é ideal porque esse título possui liquidez diária. Então, os lucros estão disponíveis na sua conta todos os dias. 

Fundo de renda fixa

Os fundos de renda fixa são carteiras que investem, no mínimo, 80% do patrimônio em títulos de renda fixa como o Tesouro Direto.

Seu diferencial é ter um gestor profissional que faz as alocações de ativos e faz o acompanhamento diário da aplicação, sendo que o objetivo é atingir o melhor rendimento.

Então, para que deseja criar o fundo de emergência, o ideal é que esta aplicação tenha prazo de liquidação em até D+1. Isso porque, caso você precise do valor investido com urgência, não haverá transtornos.

CDB com liquidez diária

Essa é uma boa alternativa para o fundo de emergência, porque é emitido pelos bancos, então você consegue encontrar taxas de rentabilidade próximas ou maiores que o CDI.

Dessa forma, é possível contar com uma reserva com bom rendimento, e ainda tem a vantagem de poder resgatar o valor investido a qualquer momento. 

Aliás, outra vantagem é a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para valores de até R$ 250 mil. Ou seja, caso o emissor quebre, seu fundo de emergência estará seguro.

Fundos DI

Os Fundos DI são outra opção de boa rentabilidade para criar sua reserva de emergência. Trata-se de um fundo de investimento referenciado na taxa DI, que é o próprio CDI.

Desse modo, a composição é feita com ativos da renda fixa indexados à taxa CDI. 

Aliás, assim como nos fundos de renda fixa, os fundos DI também não possuem cobertura do FGC, então, é necessário analisar o rating da instituição emissora.

Os fundos de investimentos possuem taxa de administração, e alguns deles têm a taxa de performance. É importante considerá-las antes de investir 

Fundo de renda extra

No fundo de renda extra é possível economizar 100% dos investimentos feitos em empresas, e não é necessário aguardar um prazo para recolher esse valor. Aliás, muito pelo contrário, com esse tipo de negócio é possível reinvestir. 

Exemplificando melhor, no caso da empresa Anne Caroline, que trabalha no ramo de Marketing Multinível, é possível que um afiliado ganhe 100% do lucro nos produtos. 

Ou seja, se um afiliado compra um produto a R$ 10, ele pode revendê-lo por R$ 20. 

Uma boa estratégia é no final do mês, ou do ano, pegar o valor das vendas e aplicar em um dos fundos acima, obtendo mais lucro!

O que está esperando para fazer seu dinheiro render?

CTA 11 PASSOS PARA O SUCESSO

Neste conteúdo você aprendeu que o fundo de emergência é indicado para todas as pessoas e perfis.

Também entendeu a importância de ter esse dinheiro guardado, afinal, nunca sabemos o amanhã, por isso é preciso estar preparado.

Inclusive, você aprendeu como montar sua reserva de emergência tesouro selic. O básico é ter um montante equivalente a no mínimo 6 rendas suficientes para pagar suas despesas mensais.

Por fim, você viu que existem investimentos excelentes para esta reserva como, o Tesouro Selic, Fundos de Renda Fixa e os CDBs com liquidez diária. E o melhor é que todos eles têm rendimentos maiores que a poupança comum.

Mas, é importante lembrar que, no fundo de renda extra é possível economizar 100% dos investimentos feitos em empresas, e não é necessário aguardar um prazo para recolher esse valor!

Não deixe para começar a montar sua reserva de emergência depois, é melhor prevenir do que remediar, não é?

Equipe Meu Ideal

    Deixe uma resposta

    WhatsApp chat