BLOG MEU IDEAL

Tudo o que você precisa saber sobre Marketing de Relacionamento e todos os seus segredos.

Como criar uma campanha B2B de sucesso no LinkedIn

O elemento mais valioso do LinkedIn é o seu poderoso recurso de segmentação por target disponível para anúncios. Por exemplo, pode segmentar os membros do LinkedIn com base na informação disponível no perfil, como o cargo que ocupam, experiência, competências, empresa atual, entre outros.

Parece simples fazer uma campanha no LinkedIn, mas pode tornar-se um desafio, pois difere bastante de outras plataformas. Por isso, deixamos-lhe algumas dicas que vão fazer com que tenha sucesso nas suas campanhas.

Configure a sua campanha para o sucesso

Antes de definir o objectivo da sua campanha, estabeleça quais os KPIs que pretende seguir e medir.
O LinkedIn agrupa os objetivos em 3 categorias para o ajudar a encontrar o que melhor se adequa à sua estratégia.

Depois de escolher o objetivo, defina quais as métricas a seguir para medir o sucesso da sua campanha no LinkedIn

Os objetivos ideais são:

  • Captar novas leads: Ofereça promoções ou demonstrações gratuitas do seu serviço/produto para capturar novas leads;
  • Construir uma lista de contatos: Além de capturar leads, pode usar o LinkedIn para criar uma lista de contatos. Essa lista pode ser de leads para uma estratégia Inbound ou mesmo para ações de Inside Sales e vendas Outbound. Para que a estratégia funcione, ofereça algum conteúdo informativo e nutra essa lista, assim, você acumulará dados e informações importantes para anunciar futuramente para esses perfis;
  • Gerar conhecimento de marca: Para reforçar a imagem da sua marca, use o objectivo de reconhecimento de marca. É ideal para promover eventos ou conteúdos da empresa, como blogs, vídeos institucionais e posts que reforcem a cultura e o propósito da marca.

Defina o público-alvo

Para profissionais de negócios, o Linkedin fornece muitos filtros de segmentação para encontrar os utilizadores certos. Os principais filtros de segmentação são:

  • Informações demográficas: Selecione o público-alvo com base na idade, localização e interesses dos usuários;
  • Informações de trabalho: É possível filtrar a sua audiência pelo cargo, nome da empresa, sector em que atua, tamanho da empresa, entre outras opções diretamente relacionadas ao local de trabalho;
  • Remarketing: Neste filtro pode anunciar apenas para utilizadores que já interagiram com o seu site, focando-se na estratégia de remarketing;
  • Lista de e-mails: É possível importar os dados da sua lista de e-mails para o LinkedIn e anunciar para esses utilizadores dentro do LinkedIn.

Escolha o tipo certo de anúncio

O conteúdo patrocinado é mais indicado para quem deseja criar uma lista de contatos, pois aparece no feed do utilizador com uma imagem e texto, e permite a inserção de um formulário.

Os text ads são um formato menor que aparecem na barra lateral do LinkedIn, apenas com o seu logo e uma mensagem curta. Ideais para gerar reconhecimento de marca.

Por último, os InMails patrocinados são mensagens personalizadas e que a sua audiência recebe diretamente na caixa de entrada do LinkedIn. Vale a pena usar se deseja fomentar uma relação mais próxima com contatos específicos.

Acompanhamento de conversões

Para acompanhar as conversões da sua campanha, primeiro terá que configurar recurso no Gerenciador de campanhas e inserir a LinkedIn Insight Tag no seu site. Depois de configurado, deverá atribuí-lo à campanha. A opção ficará localizada na parte inferior da página.

Faça testes

Dependendo do tamanho do seu público, é necessário ter em atenção a frequência dos anúncios e fazer testes constantes. Isto porque quando um público é muito pequeno, um único utilizador pode acabar por ver o mesmo anúncio várias vezes, o que deixa o anúncio saturado e diminui o CTR.

Portanto, uma boa prática é criar rotatividade. Para um público menor, faça a rotatividade todas as semanas. Para um público maior, duas vezes por mês é o suficiente.

Monitorização

Fazer uma campanha no LinkedIn exige que você monitorize os seus anúncios para obter altas taxas de conversão e não pagar um CPC alto. Além disso, tenha em mente o segmento que atua e direcione os seus anúncios para o público desejado, para evitar desperdício de verbas.

O LinkedIn Ads é um recurso valioso para empresas B2B. Mas, não é só isso. O sucesso de uma estratégia de marketing no LinkedIn depende de uma série de fatores que vão desde a criação e abastecimento de uma Company Page até à análise dos resultados para optimização do desempenho.

Investir no LinkedIn Ads B2B certamente trará os resultados que procura, especialmente se tiver em atenção os detalhes abordados neste artigo.

Ana Rodrigues

    Deixe uma resposta

    WhatsApp chat